NOTÍCIAS


7 mitos sobre gatos em que você deve deixar de acreditar AGORA

[ad_1]

Ter gatos é tudo de bom, principalmente porque os animais são ótimas companhias, mesmo parecendo um pouco frios. Entretanto, há grandes detalhes que você pode ter escutado por aí e na realidade são mentira.

Por isso, é sempre importante estar atento e alinhado com o que pode ser real ou não. Principalmente para evitar de espalhar mitos que podem causar algum tipo de confusão entre os donos de gatos, por exemplo. Confira agora 7 crenças completamente equivocadas sobre os felinos e atente-se às informações. Vamos lá?

1. Gatos são independentes?

Mito. Por mais que isso seja espalhado com uma grande frequência, essa história de que os gatinhos têm sua independência é mentira. Isso pode oferecer grandes riscos à saúde do animal, por isso é importante ficar de olho nisso. É importante ressaltar que gatos precisam, sim, de carinho, cuidado e afeto de seus tutores.

Isso inclui o acompanhamento ao veterinário e tantos outros processos importantes para que o animalzinho fique bem e em segurança. Caso contrário, se houver negligência, o tutor do felino pode ser denunciado por maus-tratos.

2. Gatos brancos são surdos?

Digamos que esse mito pode ser uma meia verdade. Isso porque a surdez está completamente ligada ao gene W, o que interfere diretamente na cor do pelo do animal. Ou seja, quanto mais claro o pelo do gatinho, mais forte será a presença do gene no animal.

Porém, não é apenas pela cor do pelo que uma possível surdez seja identificada. Um dos aspectos mais importantes é o comportamento do felino e um acompanhamento ao veterinário para saber se há algo de errado com o canal auditivo do bichinho ou não.

3. Gatos têm 7 vidas?

Essa é um dos mitos mais famosos em relação ao gato, já que é uma história que todo mundo compartilha. Não se sabe como isso começou, mas que é uma verdade para diversas pessoas.

Entretanto, muitos tutores ligam o fato de os gatinhos terem um ótimo equilíbrio com as patinhas servindo de amortecedores e os bigodes como sensores à longevidade dos animais.

Isso, na realidade, pode ser perigoso demais para eles. Já que, dependendo da altura, o vento e a posição da aterrissagem do gato podem causar graves lesões. Ou, até mesmo, levá-los a óbito. Portanto, não acredite que seu animal tem sete vidas ou coisa do tipo e atente-se sempre às condições do animalzinho.

4. Gatos não são apegados aos seus donos?

Somado ao mito da independência, outra mentira contada é sobre gatinhos não gostarem ou não serem apegados aos seus donos. Isso porque eles têm uma forma mais diferenciada de demonstrar isso. Entretanto, os animais precisam ter uma relação de confiança e ligação com seus tutores.

Isso é muito importante para eles, mesmo que eles possam parecer mais distantes que outros animais. Porém, é bom ressaltar que cada gato vai agir de uma forma, pois eles são seres individuais.

Um dos principais indicativos de que os gatos gostam, sim, de seus tutores são suas ações, como: ronronar, dar lambidinhas, mordidas de leve e o ato de pedir carinho.

5. Gatos precisam ir pra rua para serem mais felizes?

Por mais que o instinto de caça dos felinos seja mais aguçado que de outros animais, você precisa fazer isso de forma responsável e com segurança. A liberdade para eles é ótima, mas as ações com os animais precisam de responsabilidade para que não haja problemas com o seu bichinho.

Técnicas como varinhas de pesca, tabuleiros de alimentação e brinquedos interativos são muito bons para ajudar o gato a expor seu instinto e ainda se divertir. Se você mora em casa, garanta que o espaço externo seja protegido com tela, para que o animalzinho possa brincar sem problemas maiores.

6. Gatos passam doenças para grávidas?

Um dos maiores mitos que são repassados é que os felinos podem trazer grandes problemas para as grávidas. Essa falta de informação pode trazer sérios riscos para os próprios animais, já que muitas grávidas expulsam seus gatos ao descobrirem a gravidez pelo medo da toxoplasmose.

Entretanto, há forma de evitar a doença, sim. Primeiro que apenas 1% dos gatos são propensos a transmitir toxoplasmose e os tutores devem prestar atenção na alimentação do seu felino. Isso porque, quando infectado, o gato expele ovinhos em suas fezes e ele traz problemas após 48 horas de exposição ao ambiente.

7. Gatos não gostam de tomar banho?

Outro mito que é constantemente propagado é o fato de gatos odiarem água e banho. O que é mentira, viu? Os felinos são extremamente limpos e dedicam boas horas tentando limpar seu corpo de impurezas e sujeiras.

O que acontece é que eles não precisam de água e sabão para fazer isso, já que sua língua tem pequenas espículas que são capazes de remover ácaros, fungos e qualquer outra bactéria presente no seu corpo. Ou seja, os gatos gostam, sim, de banho, mas o deles é completamente diferente do nosso.


[ad_2]
Fonte: G1


16/04/2023 – Web Rádio TOP

COMPARTILHE

@WEBRADIOTOPWM

(14) 98134-9663

[email protected]
Copyright © Web Rádio TOP – WMVOZ