NOTÍCIAS


Assucena é amor da cabeça aos pés ao celebrar Gal Costa em show que recria marcante álbum da cantora | Blog do Mauro Ferreira

[ad_1]

Se a cantora excluiu Falsa baiana (Geraldo Pereira, 1944) do roteiro, por ainda estar insegura com o canto do samba (“Mas já estou ensaiando”, avisou), Assucena incluiu outro samba cantado por Gal no show, Para um amor no Recife (Paulinho da Viola, 1971), mas excluído do disco lançado em dezembro de 1971. Nesse número, a cantora simulou batucar o violão cenográfico portado em cena com charme.


[ad_2]
Fonte: G1


13/02/2023 – Web Rádio TOP

COMPARTILHE

@WEBRADIOTOPWM

(14) 98134-9663

[email protected]
Copyright © Web Rádio TOP – WMVOZ