NOTÍCIAS


'Botox gástrico' para emagrecer está ligado a 67 casos de botulismo - Notícias

[ad_1]

Um procedimento para emagrecer pode ter levado dezenas de pessoas ao hospital com quadros de botulismo na Europa. Um alerta do ECDC (Centro Europeu de Prevenção e Controle de Doenças) destaca que 67 pacientes que receberam injeção intragástrica da neurotoxina do botulismo tiveram problemas.

De acordo com o comunicado, 60 casos estão ligados a um hospital na capital da Turquia, Istambul, e outros 3 a uma instituição de saúde em Esmirna, no mesmo país. Há quatro registros cujas informações ainda não estão disponíveis. Todos ocorreram entre 22 de fevereiro e 1º de março.

“O ECDC incentiva fortemente os cidadãos da UE/EEE [União Europeia e Espaço Econômico Europeu] a evitarem tratamentos intragástricos com BoNT [neurotoxina do botulismo, na sigla em inglês] para obesidade na Turquia, pois isso está atualmente associado a um risco significativo de desenvolver botulismo. No momento, não está claro se esse evento representa uma questão terapêutica ou de procedimento nos hospitais envolvidos ou se há algum problema com o produto administrado”, diz o órgão em comunicado.

Segundo o Manual MSD de Diagnóstico e Tratamento, o “botulismo é o envenenamento causado pela toxina Clostridium botulinum e que atinge os nervos periféricos”, podendo provocar desde sintomas leves, como boca seca, visão turva e fala arrastada, até quadros mais severos, que incluem paralisia. A parada respiratória é uma das complicações.

A doença ocorre naturalmente de quatro formas:

• Por alimentos contaminados com a (principalmente conservas caseiras);

• Esporos botulínicos que germinam no intestino de adultos;

• Dentro do intestino de bebês com menos de um ano de idade;

• Feridas abertas infectadas pelos esporos da bactéria.

No caso dos pacientes afetados, o botulismo não foi natural, mas iatrogênico. É uma reação adversa rara após a administração de BoNTs por razões terapêuticas ou cosméticas.

“Embora seja considerado raro, os indivíduos que recebem injeções de BoNT para fins cosméticos (por exemplo, para linhas de rugas faciais) ou tratamentos terapêuticos (por exemplo, controle de espasticidade muscular) podem desenvolver botulismo se forem injetados com uma dose excessiva de BoNTs. Os sintomas do botulismo iatrogênico incluem fraqueza e fadiga. As toxicidades após o tratamento cosmético podem incluir visão turva, pálpebras caídas, dificuldade em engolir e boca seca, enquanto as toxicidades após tratamentos terapêuticos incluem dificuldade em respirar, indicando uma administração de superdosagem”, alerta o ECDC.

Tratamento para emagrecer

Como em doses pequenas a toxina botulínica – a marca mais conhecida é o Botox, mas não é este o produto envolvido nos casos – é uma agente paralisador, desenvolveu-se um método para potencialmente ajudar na perda de peso.

A injeção de toxina botulínica aplicada na parede do estômago. Tudo é feito em ambulatório, por endoscopia, um procedimento considerado minimamente invasivo.

A substância relaxa os músculos e retarda o esvaziamento do estômago, o que proporciona uma sensação de saciedade por mais tempo. Estima-se que o efeito dure cerca de três meses, sendo possível repetir o procedimento a cada seis meses.

Não é um tratamento indicado para todas as pessoas que desejam emagrecer, uma vez que geralmente leva a uma perda de 5% a 10% do peso corporal, segundo a Universidade Johns Hopkins, nos Estados Unidos.

Dificuldade para ir ao banheiro? Saiba quais alimentos ajudam no funcionamento do intestino


[ad_2]
Fonte: G1


24/03/2023 – Web Rádio TOP

COMPARTILHE

@WEBRADIOTOPWM

(14) 98134-9663

[email protected]
Copyright © Web Rádio TOP – WMVOZ