NOTÍCIAS


Eis dez pérolas finas do cancioneiro de Sueli Costa em vozes de cantoras

[ad_1]

A seleção inclui gravações de Alaíde Costa, Angela Ro Ro, Beth Carvalho, Elis Regina, Fafá de Belém, Leila Pinheiro, Lucinha Lins, Maria Bethânia, Nana Caymmi, Selma Reis e Simone. A compositora Sueli Costa (1943 – 2023) deixa músicas belas e ainda pouco conhecidas como ‘Amor é outra liberdade’ e ‘Nenhum lugar’ Breno Cunha / Divulgação ♪ MEMÓRIA – Pela sensibilidade feminina das melodias, o cancioneiro da compositora carioca Sueli Costa (25 de julho de 1943 – 4 de março de 2023) fica eternizado em vozes de mulheres. São de cantoras todas as gravações mais marcantes de músicas da artista, parceira de poetas letristas como Abel Silva, Cacaso (1944 – 1987), Tite de Lemos (1942 – 1989), Aldir Blanc (1946 – 2020) e Paulo César Pinheiro. Para celebrar o legado de Sueli Costa, morta aos 79 anos no sábado, em decorrência de parada cardíaca sofrida em cirurgia, o Blog do Mauro Ferreira elege dez músicas de Sueli Costa que ganharam gravações expressivas em discos de grandes cantoras do Brasil. ♪ Eis, em ordem cronológica, a seleção das dez pérolas finas do cancioneiro de Sueli Costa, compositora lançada em 1967 na voz de Nara Leão (1942 – 1989) com a gravação de Por exemplo: você (Sueli Costa e João Medeiros Filho): 1. Coração ateu (Sueli Costa) com Maria Bethânia em gravação de 1975 ♫ Cantora que impulsionou a carreira da compositora então desconhecida, ao incluir três músicas então inéditas – entre elas, Assombrações (Sueli Costa e Tite de Lemos) – no show Rosa dos ventos (1971), Bethânia fez sucesso com Coração ateu. Rara composição em que Sueli assina música e letra, Coração ateu é canção melancólica que derramou poesia em gravação feita por Bethânia com a devida delicadeza para a trilha sonora da novela Gabriela (1975). A gravação foi a porta de entrada para o público descobrir a música de Sueli Costa. 2. Jura secreta (Sueli Costa e Abel Silva) com Simone em gravação de 1977 ♫ A partir de 1977, Simone se tornou a intérprete mais popular da obra de Sueli Costa. Até o fim dos anos 1990, foi raro o disco da cantora sem música inédita da compositora no repertório. Jura secreta se destaca entre tantos sucessos pela densidade do canto de Simone nessa música sobre amor e sentimentos represados. 3. Dentro de mim mora um anjo (Sueli Costa e Cacaso) com Fafá de Belém em gravação de 1978 ♫ Quem apresentou Dentro de mim mora um anjo foi a própria Sueli Costa, no primeiro dos oito álbuns que lançou entre 1975 e 2018. Mas a gravação que se tornaria definitiva foi a feita por Fafá de Belém no terceiro álbum da cantora paraense, Banho de cheiro (1978). A poesia de Cacaso desnuda a alma do cantor. 4. Altos e baixos (Sueli Costa e Aldir Blanc) com Elis Regina (1945 – 1982) em gravação de 1979 ♫ Atenta aos sinais emitidos por Bethânia no show Rosa dos ventos, Elis correu atrás e lançou Vinte anos blue, parceria de Sueli com o então debutante letrista Vitor Martins, em gravação lapidar feita para o álbum Elis, de 1972. Ainda assim, o registro mais marcante da obra de Sueli na voz da cantora é a gravação de Altos e baixos do álbum Elis, essa mulher… (1979). Com o mix preciso de técnica e emoção, Elis narrou a morte lenta de um amor descrito nos versos angustiantes de Aldir Blanc. 5. Voz e suor (Sueli Costa e Abel Silva) com Nana Caymmi e Cesar Camargo Mariano em gravação de 1983 ♫ Intérprete frequente de Sueli Costa, Nana Caymmi atingiu a perfeição muitas vezes ao dar voz a músicas da compositora. Entre tantas pérolas, vale ressaltar o registro da canção Voz e suor, música-título do álbum de 1983 gravado pela cantora em duo com o pianista Cesar Camargo Mariano. 6. Nenhum lugar (Sueli Costa e Tite de Lemos) com Angela Ro Ro em gravação de 1984 ♫ Grande e pouco ouvida canção de Sueli Costa, Nenhum lugar tem somente duas gravações, a original feita por Angela Ro Ro para o quinto álbum da artista, A vida é mesmo assim (1984), e a única regravação, feita pelo ator e cantor Eduardo Conde (1946 – 2003) para Íntimo (1998), álbum dedicado por Conde ao repertório de Sueli Costa. Na letra de Nenhum lugar, Tite de Lemos poetiza o drama conjugal de mulher submissa à paixão por homem insensível ao amor e aos cuidados alheios. Com a densa voz rouca, Ro Ro entendeu a canção e ofereceu interpretação emocionada, embebida em dose precisa de melancolia. 7. Amor é outra liberdade (Sueli Costa e Abel Silva) com Alaíde Costa e com Selma Reis (1960 – 2015) em gravações de 1987 ♫ Outra das mais belas e menos conhecidas canções de Sueli Costa, Amor é outra liberdade foi lançada na voz da compositora no álbum Íntimo, de 1984. Três anos depois, duas grandes gravações da música chegaram ao mercado fonográfico. No Brasil, Selma Reis interpretou a canção no álbum independente com que se apresentou em 1987, mesmo ano em que Alaíde Costa gravou Amor é outra liberdade para o álbum Falando de amor, lançado na França naquele ano e editado no Brasil somente em 2000. 8. Rosa vermelha (Sueli Costa e Paulo César Pinheiro) com Beth Carvalho (1946 – 2019) em gravação de 1988 ♫ Sueli Costa foi das canções. Mas também caiu no samba com a habitual delicadeza. Rosa vermelha abriu o lado B da edição original em LP do álbum Alma do Brasil, de Beth Carvalho, cantora bamba. 9. Voz de mulher (Sueli Costa e Abel Silva) com Leila Pinheiro em gravação de 1988 ♫ Embora muitos ouvintes tenham descoberto essa canção na voz de Edson Cordeiro, em abordagem feita para o primeiro álbum do cantor, de 1992, Leila Pinheiro é a intérprete original de Voz de mulher. A música é especial por evocar o destino seguido pelo cancioneiro de Sueli Costa, compositora imortalizada em vozes de mulheres. 10. Agradecer (Sueli Costa e Cacaso) com Lucinha Lins em gravação de 2002 ♫ No fecho do álbum Canção brasileira – Lucinha Lins interpreta Sueli Costa (2022), a cantora caiu no suingue ao reavivar samba lançado por Beth Carvalho no álbum Intérprete (1991). Em letra tornada póstuma, Cacaso agradece a Deus o tempo dado para viver, “o passeio que Ele me dá para passar”. Grato, Deus, pelo caminho bonito encontrado pela música de Sueli Costa nas vozes das mulheres do Brasil.
[ad_2]
Fonte: G1


06/03/2023 – Web Rádio TOP

COMPARTILHE

@WEBRADIOTOPWM

(14) 98134-9663

[email protected]
Copyright © Web Rádio TOP – WMVOZ