NOTÍCIAS


supercondutor revoluciona tudo o que sabemos sobre eletricidade

[ad_1]

Prepare-se! Esta notícia contém uma ótima oportunidade para você não só ampliar, mas revolucionar seus conhecimentos relacionados à Física básica. O tema está relacionado à condutividade de energia elétrica, um conceito fundamental para entendermos a transmissão de eletricidade.

Recentemente, uma universidade dos Estados Unidos se destacou por desenvolver um material inovador que possui a característica de ser um supercondutor de energia, sendo mais eficiente do que qualquer material já desenvolvido ou encontrado até hoje.

O que são supercondutores?

Nesse contexto, faz-se necessário destacar a importância de identificar materiais que apresentem uma excelente capacidade de condução de eletricidade sem que, para isso, haja perdas significativas de energia.

Denominam-se materiais supercondutores aqueles que apresentam uma resistência elétrica quase nula quando são resfriados abaixo de uma temperatura específica.

Isso significa que, ao contrário de materiais comuns, que resistem ao fluxo de corrente elétrica, os supercondutores permitem que a eletricidade flua livremente, sem perda de energia.

Esses materiais são importantes em muitas aplicações, como em construção de ímãs superpotentes para ressonância magnética e em sistemas de transmissão de energia elétrica com eficiência energética muito alta. No entanto, eles geralmente são muito caros e difíceis de serem produzidos em abundância.

Por outro lado, materiais que são péssimos condutores consistem naqueles que apresentam uma alta resistência elétrica. Por sua vez, estes são utilizados em diversas aplicações que requerem resistência elétrica, como fios elétricos, resistores e componentes de aquecimento.

Em resumo, ambos os materiais, os supercondutores e os condutores ruins, são importantes para diferentes aplicações e possuem propriedades elétricas opostas.

Sabemos que, dentre os materiais estudados, o grafeno tem se destacado como uma das melhores opções para atingir altas eficiências energéticas, sendo considerado um componente de grande potencial para aplicações em Eletrônica, sistemas de energia renovável e outras áreas da tecnologia moderna.

Eletricidade: últimos avanços na área

A universidade de Rochester, nos Estados Unidos, recentemente fez avanços significativos, pois os cientistas descobriram que a combinação de hidreto de lutécio misturado com nitrogênio se mostrou promissora na transmissão de energia, mais do qualquer outro material já estudado.

O diferencial deste material, que está sendo chamado de “Reddmatter“, é que ele atua melhor em temperatura ambiente e pressão mais baixa, diferente dos materiais convencionais, que necessitam de temperaturas menores e pressão mais alta.

Uma das principais vantagens do avanço no estudo sobre supercondutores é que descobrimos cada vez mais formas de conduzir eletricidade com uma eficiência energética muito alta, e isso significa transportar grandes quantidades de energia com muito pouca perda.

O Reddmatter também pode ter muitas outras aplicações importantes. Por exemplo, ele pode ser utilizado na construção de ímãs superpotentes para ressonância magnética, o que é essencial para diagnósticos médicos avançados.

Além disso, ele é útil para a construção de detectores sensíveis de radiação, como os usados em experimentos de física de partículas. Outra área em que esse novo material poderá ser aplicado é na tecnologia de transporte, como em trens de levitação magnética.

Enfim, esses trens usam ímãs supercondutores para flutuar acima dos trilhos, o que pode aumentar drasticamente a velocidade do transporte e reduzir os custos de manutenção em comparação com os sistemas ferroviários tradicionais.


[ad_2]
Fonte: G1


27/03/2023 – Web Rádio TOP

COMPARTILHE

@WEBRADIOTOPWM

(14) 98134-9663

[email protected]
Copyright © Web Rádio TOP – WMVOZ